Madrugando na Pateira

Pela primeira vez na vida levantei-me para ir fotografar o nascer do sol à Pateira. Sim, a primeira vez… Das milhares de fotos que já por lá tirei (poucas nos último tempos), nenhuma delas foi do nascer do sol. Aliás, tenho alguns momentos do nascer do sol mas do lado de Óis da Ribeira, apenas porque fiz directa. 😉

Desta vez fui propositadamente à margem de Fermentelos para, finalmente, fotografar o nascer do sol nesta que é considerada a maior lagoa natural da Península Ibérica. Infelizmente comecei mal. O vento era muito e nem uma mera neblina havia, talvez devido ao calor não habitual aquela hora (6h).

O resultado não foi então o esperado, mas sempre liguei a gopro e deixei-a lá em cima de uma bateira, durante os cerca de 20min que por ali estive com o Tiago Silva (www.tiagosilvafotografia.blogspot.com), que poucas horas antes me tinha ligado e que também apareceu.

Mas ficou o bichinho para repetir a coisa… apesar do sacrifício da hora de levanto.

 

Aqui fica o vídeo time-lapse.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *